Aqui fala-se de tudo um pouco e sem tabus. Desde estudos,dietas,disturbios alimentares, saúde,beleza,dicas,conselhos e informações, até aos meus sentimentos, problemas, alegrias, tristezas,recordações amizades,namoros,vida pessoal...and so one!^-^
6.6.09

    Olá a todos...hoje foi definitivamente um dia não, parece que nos primeiros quatro dias a fluoxetina e o ansiolitico tiravam-me mais o apetite, mas hoje tive novamente compulsão, por este andar nunca mais vou emagrecer *suspiros*.

Parece que os medicamentos nos primeiros dias actuavam de modo diferente, reduziam a fome devido ao ligeiro enjoo, sono e cansaço que me causavam. Agora, népia! noto que não ando tão nervosa e sinto-me mais calminha, mas a fomeca exagerada continua. No papel que vem com o antidepressivo (fluoxetina), diz lá que é utilizado no tratamento da compulsão alimentar e da bulimía nervosa (para além de depressões, é claro), mas não diz que é para

o excesso de apetite, a referência à perda de apetite aparece como um dos efeitos secundários do medicamento, que por sinal também é indicado que desaparece com a continuidade do tratamento. Já estão a ver não é?

 

 

    Em relação ás análises ao sangue, não tive novamente tempo para fazer hoje, ou vou amanhã ou na segunda-feira, pensei que as explicações de História eram à tarde mas afinal ficaram marcadas para a parte da manhã (eu mudei de área no final do meu 10º ano, era de ciências socioeconómicas, nunca fui uma aluna de quadro de honra, mas até tinha umas notas jeitosas entre o 14 e o 17, o pior foi a matemática, que foi uma disciplina a que chumbei sempre desde que pus o pezinho na escola aos 6 anos de idade, como tal, sem quaisquer bases para aquilo, nunca passei do 4 ou do 5 numa escala de 0 a 20 .... Como tal, tive que optar pela única área em que este "bicho" não me perseguia - Ciências sociais e humanas/ Humanidades, e fiquei com uma disciplina para fazer em exame - História, a qual acabei por chumbar, um exame para uma inculta em relação a estas tematicas e sem nunca ter tido aulas ir fazer um exame de tres anos de historia para equivaler a toda a nota dessa disciplina no ensino secundario, é algo dificilimo, então, este ano, desde á um mes atras, consegui finalmente saber de um explicador neste raio desta terra que estivesse dentro do programa de História A actual e me pudesse acompanhar, até agora tem corrido bem, é um bom explicador ( deve ser dos poucos aqui que esta dentro do programa porque acabou o curso dele á pouco tempo, é pouco mais velho do que eu...lol tem 20 e poucos anos, fiquei na duvida entre trata-lo por "tu" ou por "professor" quando vi que era tão jovem).

    Voltando ao assunto anterior, quando for à próxima consulta, tenho que falar seriamente com a Dra, talvez seja melhor suspender o tramento, estar a tomar uma coisa que só me pode criar dependência, encher-me de químicos, dár-me cabo da saúde e não me resolver o problema... não dá.

 ***Beijinhos e bom fim-de-semana light!***

My Spirit Is: Desiludida

4.6.09

    Olá  a todos! Parece que a minha compulsão alimentar está mais controladinha ^.^. Quando fui á médica, ela passou-me uma ecografia para ver como estão os meus ovários, na mesma foi detectada um foliculo em crescimento, do qual possa resultar uma possivel ovulação, espero que finalmente volte tudo à normalidade.

 

    Em relação ás minhas compulsões, a Dra receitou-me um antidepressivo (Fluoxetina) e um ansiolitico, de maneira a cortar o apetite excessivo e diminuir a minha ansiedade sobre a comida (sou uma pessoa algo nervosa), assim como umas análises aos niveis hormonais( estogeneos e tiroide) e um outro exame especifo  à tiroide.

Sempre fui contra os produtos químicos, nem quando estou com constipações tomo remédios, habituei o meu organismo a isso e passado dois dias a constipação já era! há anos que não tenho febre. Tenho algum receio de certos fármacos, sobretudo os antidepressivos, pois estes são drogas, e as drogas causam dependência.

Mas a Dra disse que não haveria problema se eu fizesse de acordo com o tratamento proposto ( com duração de 6 meses, seguido do "desmame" ) e, sobretudo, que confiasse na pessoa que me estava a medicar (já a conheço á alguns anos  e ela sabe o meu historial todo).

 

 

    Nos primeiros quatro dias, a Dra disse que eu poderia sentir  "tremeliques", mas a única coisa que notei foi que andava cheia de sono e que adormecia em todo o lado em que me sentava...lol, inclusive em frente a este meu computador portatil, que caiu no chão quando adormeci sobre ele... (meu deus, que horror),  mas ao menos não sofreu qualquer dano *suspiros* , tenho-o há pouco mais de 3 meses e foi comprado com o dinheiro que reci no natal!

Graças a deus o efeito só durou os ditos quatro dias, durante a noite dava-me muita espertina (passava os dias a dormir, la esta), mas agora esta tudo bem, sinto-me me mais calminha e bem disposta, isso tem ajudado bastante no controlo da compulão.

Outra coisa boa do tratamento está no facto de já não me acontecer aquele pequeno grande problema nocturno... é curioso...pensei que puidesse ter algum problema na bexiga, mas a ecografia não acusou nada e eu ja consultei dois terapeutas e ambos chegaram a conclusão de que era tudo provocado pela minha cabeça, por algum choque emocional forte ou algum trauma recalcado pelo meu inconsciente (o que, provavelmente, tambem é o mesmo que ocasiona a minha falta de menstruação e a baixa do estrogeneo, bem como a compulsão), a mente humana é realmente um mistério, sobretudo o nosso inconsciente.

 

   Em relação ás análises, ainda não tive tempo de as ir fazer, vou ao laboratório faze-las o mais tardar esta sexta-feira.

***Beijokinhas***

 

My Spirit Is: Bem/Esperançada

3.6.09

O que é o Metabolismo Basal?

 

 

    Em termos simples, o metabolismo é o número de calorias que o corpo gasta na manutenção dos seus orgãos e funções vitais (tal como os pulmões o coração, o cérebro ou o intestino).

 

    A taxa metabólica pode variar de pessoa para pessoa, duas pessoas podem ter o mesmo nível de actividade, dieta, peso, idade,  altura e sexo, mas ainda assim, ganhar e perder peso em quantidades diferentes baseado na diferença de metabolismo.

 

    Os factores que interferem na Taxa Metabólica Basal (TBM) são vários :

 

           *Idade: Durante a juventude a TMB é mais elevada. Com a idade perde-se massa magra e a TMB diminui;
           *Altura: As pessoas altas e magras têm TMB mais elevadas.;
           *Crescimento: As crianças e as grávidas têm TMB mais elevadas.;
           *Composição corporal: Quanto maior a percentagem de massa magra no organismo, maior a TMB. Quanto mais tecido gordo tiver o organismo menor a TMB;
            *Febre: A febre pode fazer aumentar a TMB.;
            *Stress: As hormonas associadas ao stress podem fazer elevar a TMB;
            *Temperatura ambiental: Quer o calor quer o frio podem fazer aumentar a TMB;
            *Jejum/Fome: As hormonas associadas ao jejum/fome faz diminuir a TMB; 
            *Desnutrição: O estado de desnutrição faz diminuir a TMB;
            *Tiroxina: A tiroxina, uma hormona da tiróide, é uma substância crucial na regulação da TMB. Quanto maior a quantidade de tiroxina produzida, maior a TMB.

   

My Spirit Is: Normal
Link do postPor Miss Princess, às 10:45  O que achou? Comente!


© Copyright 2009 ® All Rights Reserved *Mistic World*
Arquivos